Na hora de customizar as suas peças, não basta soltar a criatividade. Tem que usar os materiais certos, incluindo os pinceis. Saiba mais!

Chato

O de cerda branca é indicado para tinta óleo, tinta acrílica, artesanato e algumas pinturas em tecidos, no algodão, por exemplo. Já o de pelo sintético dourado pode ser usado também para aquarelas e desenhos que necessitem de um traço mais leve. É um tipo de pincel bem básico, geralmente usado para pintar áreas maiores das peças.

Chanfrado ou angular

Funciona bem para fazer traços mais leves, sombreados e até contornos. Pode ser usado com tinta de tecido, acrílica, óleo e aquarela. Cada numeração desse tipo de pincel costuma ter uma ponta diferente. Além disso, você pode customizar o seu pincel, fazendo uma pequena poda com a tesoura, até que ele fique ideal para o efeito que quer obter.

Redondo

Esse pincel é usado para trabalhos mais simples, como os escolares ou os que utilizam estêncil. Também funciona super para desenhos com contornos redondos, como nuvens e círculos. É indicado para tinta óleo, acrílica e de tecido.

Língua de gato

Ideal para fazer traços retos e contínuos (largos ou finos, dependendo da posição em que for usado). Pode ser utilizado com tinta aquarela, de tecido e óleo. Possui pelo sintético, que deixa o desenho mais leve.

Filete

É ótimo para fazer traços finos ou contornos. Pode ser usado com qualquer tipo de tinta para artesanato ou tecido, mas requer um cuidado maior com a limpeza. Dependendo do tipo de tinta usada, será preciso lavar duas ou três vezes.

Leque

É geralmente usado para fazer “matinho”, cabelos, copas de árvores etc. É indicado para tinta óleo, acrílica e de tecido. Também requer muito cuidado na limpeza, já que possui poucas cerdas.

Trincha

Serve para pintar desenhos grandes, aplicar goma-laca, fundo ou verniz. É ótimo, por exemplo, para colorir grandes peças de madeira, como móveis.

A Acrilex tem uma linha completa de pincéis pra você. Confira!